É isto o que se quer…

A noite que passou, enquanto dormia, fui roubado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nada como começar assim para despertar a atenção do leitor. Sosseguem, o que aconteceu foi que no parque de campismo de Vila Nova de Milfontes encontrei ontem um gato esticado a apanhar uma réstea de sol. Um gato velho, originalmente branco mas agora encardido, rameloso e feio, mas simpático. Chamei-o, levantou-se com um miado rouco e aceitou as festas que lhe dei. Entretanto ontem à noite fui dormir pensando que as quatro fatias de bacon, que tinha num saco de plástico, iriam ser um pequeno almoço triunfante. Sonhei ter ouvido o barulho dum saco de plástico durante a noite, julguei que era o vento… hoje estava o saco rasgado e o bacon. Viste-lo? Ri-me enquanto trincava uma sanduíche de tomate com o café.

Entretanto tinha aproveitado o dia de ontem para passear e para ir despachar umas coisas pelo correio, bagagem a mais. Fiquei contente quando, nos CTT, vi que me ia aliviar de  quase dois quilos e meio, e com pena de ver o livro do Peter Atkins ir embora.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Vila Nova de Milfontes é bonita, também a Zambujeira do Mar, e a Azenha do Mar, e por aí fora, mas chateia-me ver tantas lojas fechadas, casas que só servem no Verão e um ou outro habitante, parecem quase aldeias fantasmas. Por contraste, o Cercal, mais longe da costa poucos quilómetros, é uma terra cheia de vida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Hoje de manhã consegui arrumar ainda melhor a bagagem, comprimindo o saco cama ao máximo. Futuras aquisições passarão, sem dúvida, por algum equipamento mais leve e mais comprimível.

E lá arranquei hoje de manhã, com sol e, pela primeira vez, com o vento pelas costas. Uma nortada gelada mas muito amiga nas longas rectas alentejanas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Desviei para ir ver o Brejão, da Carla e do Humberto, e ainda considerei pernoitar no camping do Monte Carvalhal da Rocha, mas estive cerca de vinte minutos à espera e nada. Mais um sítio fantasma… e, assim como assim, ainda era cedo, as pernas ainda estavam boas e lá fui eu, por uma estrada merdosa (o que faz toda a diferença) até encontrar uma boa alma num tractor. Era um homem como até hoje só vi outros dois (o Cabo Electricista Ricardo e um chamado Alcobia, acho eu, que matava e desmontava animais), este, como os outros, era de uma tez vermelha tão carregada, sanguínea, com os olhos injectados, que parecia que ia literalmente rebentar a qualquer instante. Mas não rebentou e indicou-me um caminho fácil que me trouxe sempre a descer, ó alegria, até este parque, o Camping São Miguel, que me parece muito bom.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Foi uma etapa muito, mas muito agradável, cerca de oitenta quilómetros,  sempre a aviar, parando para café e cigarro, sem ficar derreado como sucedeu nos dois primeiros dias.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Daqui a pouco vou jantar (bem) e a seguir dormir, para banda sonora, hoje não há vento nem mar, há rãs e os chocalhos das vacas.

 

Advertisements

3 Responses to “É isto o que se quer…”

  1. Humberto Says:

    O Alentejo é um mundo à parte. Muito do que surpreende o viajante é tantas vezes apenas mais uma maneira de ver, de viver. De certeza que poderias ter ficado no Parque do Brejão, assentado arraiais que alguém te haveria de vir perguntar pelas precisões. Por ali passam pares de rodas desde muitas longitudes e a isso já estes alentejanos pescadores se habituaram.
    Também ficas bem em São Luís e por aí comprarás do melhor pão que a tradição dá. Entre o Alentejo e o Algarve, na Baiona, há uma padaria-mercearia-taberna na berma esquerda da estrada que só de pensar nos bolos de torresmo já me fez crescer água na boca. E bem falta te farão uma calorias extra que para saíres daí rumo ao sul, apanhas uma subida que faz ter saudades do viaduto de Miraflores!
    Ah! e não te esqueças de provar o Medronho!

  2. orieuglas Says:

    Ora ainda bem que o tempo finalmente ajudou !!! Isso, mais a habituação já permitiu fazer esses 80 km sem dificuldades o que é sempre bom sinal. continuação de um bom passeio ! P.S. Li agora que entre dia 20 e 24, corre-se a volta ao Alentejo, vê lá se não te misturas com os ciclistas, uma vez que eles nem aproveitam para ver as vistas!!! Boa Noite e um abraço

  3. samuelmarques2013 Says:

    Já la vai mais de um ano, e ouvia-te falar que tinhas desejo de partir sem destino durante pelo menos um mês assentado numa simples bicicleta!
    Na altura não liguei a tais promessas, julgando-te… não igual a tantos outros que dizem que fazem isto e aquilo, mas tinha as minhas especulações de puto.
    Desculpa Grande Marinheiro!!

    Mas a verdade das verdades é que eras a única (desculpa o termo) personagem que tem perfil para tal proeza!

    – Quem é que fazia uma viagem, apenas com a pedaleira grande, mesmo que fique bom mais tarde? …Marinheiro
    – Quem é que esta para cheirar, o cheiro acre e adocicado do estrume de vaca? … Marinheiro
    – Quem é que para de bicicleta para tirar uma foto a uns escassos metros de um touro de pelo menos 500kg? …Marinheiro
    – Quem é que com dores nos ombros continuava? …Marinheiro
    – Quem é que fazia uma viagem de centenas de kms com vento e chuvada de frente, e sozinho? …Marinheiro
    – Quem é que fica meia hora a olhar para 3 andorinhas, e presumo a ri quando vê a TV desligada? … Marinheiro
    – Quem é que anda de baixo de chuva granizada imaginando estar no calçadão no Rio De Janeiro, de apenas calções e havaianas? …Marinheiro
    – Quem é que faz de algo que se trinque alimento para um dia, como por exemplo uma sanduíche de tomate?…Marinheiro (talvez sou eu que sou hipócrita, ou esquisito)

    E onde é que esta o Marinheiro agora? Na estrada, imaginando-se um “rafeiro” acabado de se soltar, sem horários, sem qualquer luxo, sem qualquer desejo alimentar…mas para muitos um pesadelo, para ele a vida que sempre gostaria de ter 🙂

    Lanço-te um desafio camarada!! Se conseguires fazer o que esta neste vídeo, passas a ser o meu ídolo de Belém pelo menos, já que deixei de ter ( Lance Armstrong ) , não precisas da campainha, mas o canto ficar-te-ia talentoso.

    Força, imagina que vais aos pasteis de Belem, sempre em frente :p

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: